O Instituto Geográfico Militar da Bolívia (IGM-Bio) anunciou o início das atividades do Centro Experimental de Processamento Sirgas a partir do evento GPS 1761, realizado no dia 6 de outubro de 2013.
SIRGAS logo Instalado novo centro experimental de processamento Sirgas na Bolívia
Segundo o instituto, o funcionamento deste Centro de Processamento só ocorreu graças a um convênio de cooperação entre o Instituto Alemão de Investigações Geodésicas (DGFI, Alemanha), a Universidade de Berna (UniBern, Suíça) e o Instituto Geográfico Militar da Bolívia (IGM-Bio).

As principais características deste novo Centro Experimental são:

• Nome: CEPAG-IGM – Centro de Processamento e Análises de Dados GNSS do Instituto Geográfico Militar da Bolívia
• Abreviatura: BLV
• Estações processadas inicialmente: MCO, AREQ, BATF, BOMJ, BRAZ, BRFT, CALL, CATA, CHAC, CHPI, COPO, CRUZ, CUIB, GOJA, IACR, IQQE, IQUI, MABA, MGBH, MSCG, MTCN, MTCO, MTVB, NAUS, PAIT, PISR, PITN, POAL, POVE, PRMA, RECF, RIOB, RIOP, RNNA, ROCD, ROGM, ROJI, SALU, SAVO, SCRZ, SJRP, SVIC, TOPL, TUCU, UFPR, UNSA, URUS, UYNI, YCBA.
• Software: Bernese GNSS Sorftware, versão 5.2, Windows
• Responsáveis: Arturo Echalar, Mario Sandoval Nava, Daniel Espinoza Condori, David Morales Arce, Nelson Olivares Escobar, Rubén de La Cruz Quispe, Tito Flores Torrejón, Wilber Delgado Gutíerrez, Wilson Soria Sotez.

Novas estações Sirgas-CON

Em outubro de 2013 foram inclusas no Sirgas-CON as seguintes estações:

• Argentina: MGUE (Malargüe)
• Brasil:BAIL (Ilheus), GOGY (Goiania), MSDR (Dourados), PBJP (João Pessoa), PRCV (Cascavel), RSAL (Alegrete), SEAJ (São Cristovão).
• Equador: ALEC (Alausi), CHEC (El Chaco), CLEC (Celica), COEC (Tulcan), ECEC (El Carmen), EREC (Riobamba), GZEC (Gualaquiza), IBEC (Ibarra), PDEC (Palanda), PJEC (Pajan), PREC (Palora), SEEC (Santa Elena).