O aprimoramento da resolução das imagens de satélites, bem como da capacidade de coleta dos sensores e combinações espectrais, já são temas altamente conhecidos dentro da comunidade de usuários e de pesquisas do campo da geoinformação.

Com a crescente demanda por respostas rápidas de cada localidade para auxiliar a tomada de decisões, o serviço GO Monitor, parte integrante do programa de Geo-Intelligence da Airbus Defence and Space, oferece ao mercado a possibilidade de mensurar e compreender as mudanças territoriais em uma interface prática. O sistema é baseado em um acesso exclusivo associado à experiência de análise, processamento e interpretação de imagens.

Em parceria com o jornal O Globo, a Airbus Defence and Space está monitorando mensalmente as obras do Parque Olímpico da Barra da Tijuca no Rio de Janeiro (RJ). O local sediará 16 modalidades olímpicas nos jogos de 2016. Através de dados orbitais em alta resolução, é possível montar uma linha do tempo que mostra a evolução das obras e qualifica a tomada de decisão.

Esta imagem Pléiades coletada em outubro de 2012 mostra a pista do Autódromo de Jacarepaguá, quando o uso do espaço ainda formava esta paisagem:

Parque Olimpico Airbus auxilia no monitoramento das obras do Parque Olímpico

Para saber mais, leia a A linha do tempo do Parque Olímpico publicado na Revista MundoGEO, Edição 79.