inde | GeoDrops

GeoDrops

Fazer vídeos não é fácil…

Por Eduardo Freitas | 15h33, 04 de Setembro de 2013

Como muitos já devem saber, há duas semanas estamos postando – toda sexta-feira – no Canal MundoGEO do YouTube os Destaques Geo da Semana. Confesso que é um desafio para nós reservar um tempo para fazer estes vídeos, que envolvem as etapas de roteiro, gravação, edição e divulgação.

Mas, por outro lado, tem sido muito divertido pois nos leva a pesquisar o que foi destaque ao longo da semana, buscar informações adicionais e, finalmente, fazer o vídeo (com dezenas de tentativas e erros de gravação, diga-se de passagem). Os vídeos complementam a plataforma de comunicação da MundoGEO, que conta também com portal, revista, eventos (presenciais e online) e – mais recentemente – cursos a distância.

O vídeo da semana passada teve como tema o Sigef – o Sistema de Gestão Fundiária do Incra -, as projeções populacionais do IBGE e a inclusão dos dados do Ministério da Saúde na Inde – a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais:

Este sotaque de Pato Branco vai me acompanhar a vida inteira, mesmo eu tendo saído de lá há mais de 20 anos! icon wink Fazer vídeos não é fácil...

O vídeo de “estreia” do programa foi ao ar dia 24 de agosto – sobre a 3ª Edição da Norma Técnica de Georreferenciamento de Imóveis Rurais – e já é possível ver uma evolução entre este e o segundo, principalmente nos detalhes técnicos, como por exemplo a iluminação:

Outro vídeo desta nova fase – na qual temos um estúdio a disposição – foi uma entrevista que o Emerson Granemann (diretor e publisher da MundoGEO) fez com Valter Aguiar, diretor da Esteio, que falou sobre tendências no mercado de aerofotos:

Queremos saber o que você achou do nossos vídeos. Tem alguma crítica e/ou sugestão? Envie-nos pelos comentários!

Já estamos pensando no vídeo da próxima sexta-feira, que terá como tema – salvo apareça algo “bombástico” – o Workshop sobre VANTs da Anac – a Agência Nacional de Aviação Civil – que está acontecendo entre hoje e amanhã (4 e 5 de setembro) em São Paulo (SP), com a MundoGEO representada pelo Emerson e o Alexandre Scussel (assessor editorial).

share save 171 16 Fazer vídeos não é fácil...

INDE: agora vai!

Por MundoGEO | 14h52, 08 de Fevereiro de 2010

Uma notícia que passou meio despercebida, no final da semana passada, foi o anúncio da Concar disponibilizando o plano de ação para a implantação da Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE).

A Comissão Nacional de Cartografia (Concar) é um órgão colegiado do Ministério do Planejamento, descendente da antiga Cocar, que fixa as diretrizes e bases da cartografia brasileira. Dentre as atribuições da Concar estão assessorar o Ministro de Estado na supervisão do Sistema Cartográfico Nacional (SCN), coordenar a execução da Política Cartográfica Nacional e exercer outras atribuições relacionadas à cartografia a nível federal.

O plano de ação para implantação da INDE foi elaborado pelo Comitê de de Planejamento da Infraestrutura de Dados Espaciais (Cinde) da Concar. É um documento com 205 páginas que detalha os conceitos de IDE, os subsídios para o plano de ação da INDE, os atores envolvidos e as suas funções, os dados e metadados geoespaciais envolvidos, o diretório brasileiro de dados, as ações de capacitação e treinamento de recursos humanos, além das iniciativas para difusão e divulgação.
 
A INDE foi legalmente instituída pelo Decreto Presidencial 6.666, de 27 de novembro de 2008, que estipulou um prazo de seis meses para a Concar elaborar o plano de ação para implantação da INDE e submetê-lo ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP).

Para isso foi criado o Cinde, com 110 membros representando 26 organizações brasileiras, sendo 22 ligadas ao governo federal, três secretarias estaduais e uma universidade. O resultado desse trabalho está sendo compartilhado com a sociedade neste momento.

Segundo a Concar, a partir de 2010 a INDE será efetivamente implantada, seguindo as diretrizes traçadas no plano de ação. A estratégia baseia-se em um cronograma de metas, com prioridades e objetivos bem definidos, a serem alcançadas ao longo desta década, em três ciclos, sendo que o primeiro termina em dezembro de 2010, o segundo vai de 2011 a 2014 e o terceiro e último de 2015 a 2020.

Segundo o plano de ação, a iniciativa da INDE deverá ser deflagrada primeiramente no âmbito do setor público, ganhando força e se consolidando nos próximos 12 a 18 meses.

share save 171 16 INDE: agora vai!
  • Eduardo Freitas
    @eduardo
    Diretor de Operações do MundoGEO. Engenheiro Cartógrafo, Técnico em Edificações, Especialização em Gestão Estratégica de EAD. Tradutor dos informativos GeoSur e OGC Iberoamérica. Nas horas vagas: pão caseiro, comida japonesa e meia-maratona

    Diretor de Operações do MundoGEO. Engenheiro Cartógrafo, Técnico em Edificações, Especialização em Gestão Estratégica de EAD. Tradutor dos informativos GeoSur e OGC Iberoamérica. Nas horas vagas: pão caseiro, comida japonesa e meia-maratona

  •